O preço do bitcoin mostrou independência em relação ao S&P 500.

A BTC está barrando para 12 mil dólares, enquanto as ações tomaram uma posição de destaque nas conversações de estímulo fracassadas.

Os investidores de bitcoin têm esperado por uma desvinculação das ações.

Gostaria de saber mais? Junte-se ao nosso Telegram Group e receba sinais de negociação, um curso de negociação gratuito e comunicação diária com os fãs de criptografia!

O Trust Project é um consórcio internacional de organizações de notícias construindo padrões de transparência.
Bitcoin BTC S&P 500

O preço do bitcoin começou a semana com um estrondo depois de ganhar cerca de 2% e se aproximar do limiar psicologicamente importante de 12.000 dólares. Os Estados Unidos não está mais enfiando sua cabeça na areia sobre uma moeda digital do banco central, e tem sido um vento de cauda para os mercados criptográficos mais amplos.

Os investidores criptográficos deram um suspiro de alívio depois que o preço do bitcoin finalmente tomou o caminho menos percorrido pelas ações, o último das quais se tornou negativo em meio a conversas fracassadas de estímulo do coronavírus. A divergência demonstrou a independência do bitcoin em relação ao S&P 500, com o qual tem mostrado sinais de correlação durante toda a pandemia.

Ivan on Tech, que ostenta mais de 83.000 seguidores no Twitter, apontou a separação entre as duas classes de ativos no Twitter. O bitcoin bull também sugeriu que o BTC $20.000 está à vista em 2020, mas primeiro tem que superar a resistência no nível de $12K.

Bitcoin vs. Ações

O bitcoin pode ser volátil, mas as ações podem ser finas e depois de começar o dia de negociação no verde, as coisas viraram para o sul quando as perspectivas de um pacote de estímulo ao coronavírus pioraram mais uma vez. Mas desta vez o bitcoin tomou o caminho menos percorrido, provando que ainda tem uma mente própria.

No início deste mês, o veterano do fundo de hedge Keith McCullough, que está ao leme da Hedgeye Risk Management, abandonou o bitcoin, dizendo na ocasião,

„Evidentemente, o bitcoin precisava de estímulo“.

O movimento atraiu ire entre os investidores de moedas criptográficas, mas McCullough estava apenas seguindo sua estratégia de risco. Enquanto isso, ele apontou no início de outubro que „o bitcoin não gosta de sua atual correlação inversa com o dólar“.  Não demorou muito para que o bitcoin saísse desse ciclo, e McCullough deve ter dado atenção porque nos últimos dias ele disse que está „mordiscando“ em algum BTC mais uma vez. E no dia 19 de outubro, o chefe Hedgeye fez um círculo completo, dizendo que vê „o prazo imediato em alta“ no preço do bitcoin. Os investidores de moedas criptográficas poderiam ter dito isso a ele.

Moeda Digital do Banco Central

O vento sob as asas do bitcoin parece ser alguns comentários originários da conferência virtual do Fundo Monetário Internacional na qual o presidente do Fed, Jerome Powell, participou. Powell está longe de ser um bitcoin bull, mas ele reconheceu que o banco central está explorando os prós e os contras de uma moeda digital. O analista da Bloomberg Intelligence, Mike McGlone, escreveu em uma nota,

„Vemos o bitcoin emergindo como um oásis relativo de calma e desempenho superior. Deve haver pouca dúvida de que a tecnologia e a digitalização continuarão avançando, mas a oferta de bitcoin continuará encolhendo, suportando seu preço“.

A dissociação do bitcoin do S&P 500 já vem de muito tempo. Mas o bitcoin ainda não está fora de cogitação até que finalmente consiga atravessar $12.000.

  • BitMEX ha visto un valore di 475.000 dollari di Bitcoin lasciare lo scambio da quando è stato colpito con le spese CFTC la scorsa settimana
  • Anche l’utilizzo della piattaforma si è reso necessario man mano che gli utenti la abbandonano
  • Il 2020 ha visto tre enormi deflussi di Bitcoin, lasciando BitMEX in una posizione precaria

BitMEX, il cavaliere Bitcoin futures exchange i cui proprietari e operatori sono stati incriminati la scorsa settimana dalla Commodity Futures Trading Commission (CFTC) a seguito di un’indagine durata 15 mesi, ha visto crollare l’uso della sua piattaforma mentre gli utenti si affrettano a far uscire il loro Bitcoin dalla borsa. Più di 45.000 Bitcoin (475.000 dollari) sono usciti dalla borsa da quando è arrivata la notizia delle spese della CFTC, mentre il suo interesse aperto è crollato di 140 milioni di dollari.

Flusso Bitcoin in uscita su e utilizzo della piattaforma giù

I dirigenti BitMEX, tra cui il CEO Arthur Hayes, sono stati incriminati dalla CFTC per una serie di accuse la scorsa settimana, tra cui la gestione di una piattaforma di trading non registrata e la violazione delle normative antiriciclaggio (AML). La notizia delle accuse, che non è stata una sorpresa per molti di coloro che erano stati nello spazio per qualche tempo, ha portato all’esodo di Bitcoin e degli utenti dalla piattaforma.

I dati di Immediate Edge mostrano un enorme aumento del flusso di Bitcoin in uscita dallo scambio entro 24 ore, per un totale di quasi 45.000 unità:

Bitmex outflow

Source: Cryptoquant

I dati di Skew mostrano inoltre che l’utilizzo della piattaforma è diminuito in modo massiccio a seguito dell’indagine:Bitmex usage

Source: Skew

Binance, Gemelli e Kraken sono stati i maggiori beneficiari delle notizie BitMEX, con i loro afflussi di Bitcoin in forte aumento, mentre il grafico sopra riportato mostra ciò che Binance ha ora superato FTX come la borsa dei futures Bitcoin più utilizzata.

Il primo rodeo di BitMEX

Le indagini della CFTC non sono le uniche volte in cui BitMEX ha visto dei picchi nel deflusso di Bitcoin. Quando la notizia delle indagini CFTC si è diffusa nel luglio dello scorso anno, 73 milioni di dollari in BTC sono stati tolti dalla borsa dagli utenti, mentre il crollo del prezzo del Bitcoin nel mese di marzo, che ha causato massicce liquidazioni sulla piattaforma, ha visto il più grande deflusso continuo nella storia della borsa come la quantità di Bitcoin detenuta sulla piattaforma si è ridotta del 25%.

Qualunque cosa accada con le indagini CFTC, è chiaro che gli utenti si stanno finalmente stancando di BitMEX, e con così tante altre alternative là fuori è probabile che sia solo una questione di tempo prima che lo scambio si riduca in oscurità o chiuda definitivamente le sue porte.

Their great contribution? Mining equipment emits a lot of heat.

Kosala Hemachandra, founder and CEO of the cryptoactive storage platform, MyEtherWallet, was mining Bitcoin to pay his rent in Los Angeles between 2014 and 2015. When it was time to pay his bills, he converted his coins into cash to facilitate the transaction.

In a conversation with Cointelegraph, Hemachandra recalled buying Bitcoin mining equipment from the university while renting a room at a friend’s house. „I bought a Bitcoin miner and then had him in my room,“ she told Cointelegraph in an interview. „I was mining him and the amount I was earning through Bitcoin mining was enough to pay the rent for that room, so it was basically free, and then I didn’t have to pay for electricity anymore.

During Bitcoin’s early years, mining proved to be a much more profitable tactic that required less advanced equipment than it does today.

However, it wasn’t all fun and games. Hemachandra pointed out ominously that Bitcoin Code mining equipment gave off a lot of heat, making life in that room in Los Angeles a very hot experience. „It’s not as much fun as it sounds,“ she said, explaining that the San Fernando Valley, where she lived, frequently received outside temperatures close to 90 degrees Fahrenheit.

„Since I had a Bitcoin miner in my room, it goes beyond that, and then the air conditioning I had, it barely worked,“ he recalls. „I was barely able to keep it at a level where I could survive.

Many early entrants to the Blockchain space express similar feelings, often involving stories of how they used their old digital assets in creative ways.